Quem somos

Fundado em 2010, o Grupo Teresa, banda mineira de samba e pagode, é formado somente por mulheres, tanto na parte artística, quanto na gestão e produção, afirmando o lugar das mulheres nesse estilo musical.

O show do Grupo Teresa é recheado de sensações. Suas canções autorais são variadas: samba, ijexá e pagode são ritmos presentes nas composições da banda, que passeiam por diferentes referências em suas criações. Ainda, releituras de sambas atemporais são aposta para os palcos, sempre privilegiando músicas que foram escritas e interpretadas por mulheres. 

Nome do grupo

O nome Teresa, escrito com “S” de samba, faz referência à corda formada por pedaços de tecido, geralmente usada na fuga de pessoas aprisionadas, remetendo à força que resulta da união de partes que, individualmente, não têm a mesma potência. É uma analogia para a ideia de que, juntas, somos mais fortes e livres.

Trajetória

Em sua trajetória, o Grupo Teresa, participou de diversos eventos. Destacam-se:

  • Festa de encerramento do VII Festival Gastronômico Sabores de Mato Dentro
  • Carnaval de rua de Belo Horizonte
  • Virada Cultural de Belo Horizonte
  • Mostra DiversaS de Arte Feminista, de Belo Horizonte
  • Inverno Cultural de São João del-Rei
  • Festival de Inverno de Sabará
  • Feira Gastronômica de Sabará
  • Abertura do show do rapper Criolo, na comemoração dos 54 anos do Centro Universitário UniBH

Prêmios

  • 2º lugar no Todos os Sons – Festival da Canção de Itabirito 2019 – Música: Beijo de Amor
  • Festival Nacional da Canção 2019 – Música: Sol e Chuva

Integrantes

Natália Pessoa (voz, cavaco e violão), Fernanda Régila (percussão e voz), Flávia Cardoso (violão e violoncelo) e Paloma Alves (percussão e voz) dão continuidade à história do samba com muito amor e responsabilidade, com produção de Zaíra Magalhães.

Fernanda Régila – instrumentista e compositoraFernanda Régila

Fundadora do Grupo Teresa, a compositora, percussionista e cavaquista iniciou sua carreira musical em 2009. Estudou musicalização na Fundação de Educação Artística e frequentou aulas de cavaquinho com Lucas Ladeia e canto com Giselle Couto. Atualmente, é discente da graduação em Educação Musical da Universidade do Estado de Minas Gerais. Ainda, é cajonista no trio Frances Ha, que interpreta os grandes sucessos da música pop internacional pela noite belorizontina.

Paloma Alves – instrumentista

Percussionista e backing vocal do Grupo Teresa, a instrumentista começou sua carreira musical ainda criança, no extinto Grupo Capicho. Graduada no curso de Licenciatura em Música pelo Instituto Metodista Izabela Hendrix, Paloma é criadora de conteúdo no canal Mini Curso de Cajon, produtora executiva no Centro de Referência da Juventude de Belo Horizonte e cajonista no duo Fino Retorno.

Flávia Cardoso – violonista e violoncelista

Violonista e violoncelista do Grupo Teresa, Flávia é graduada no curso de Licenciatura em Música pelo Instituto Metodista Izabela Hendrix e graduanda em violoncelo pelo Centro de Formação Artística de Belo Horizonte (Cefar/ Palácio das Artes). Ainda, cofundadora e instrumentista do trio Frances Ha, como vocalista e violonista.

Natália Pessoa – vocalista e violonista

Vocalista e violonista do Grupo Teresa, Natália começou a cantar ainda criança. Participou de diversos projetos culturais, entre os quais destacam-se Festival de Inverno de Ouro Preto, Carnaval de Mariana e Betim Rural. Atualmente, Natália apresenta-se em bares e casas de show em carreira solo e é vocalista e violonista no duo Fino Retorno.

Staff

Zaíra Magalhães – produção executivaZAÍRA MAGALHÃES

À frente da Divindade Cultural, a produtora Zaíra Magalhães é comunicóloga e gestora pública de formação. Mineira de nascimento e paulistana de criação, integrou a equipe de coordenação do portal blogueirasnegras.org de maio de 2013 a março de 2014. É idealizadora e produtora do doc Encontro das Águas. Atualmente, é produtora executiva das bandas Fino RetornoForró de Saia e Grupo Teresa, do espetáculo teatral Ela não é Simone. Ele não é Ninguém, assessora da criadora Lívia Teodoro, das redes Na Veia da Nêga, e jornalista da Secretaria Municipal de Assistência Social, Segurança Alimentar e Cidadania de Belo Horizonte.

nany mataNany Mata – mídias digitais

Jornalista, especialista em Comunicação Corporativa e em Marketing Digital, Nany trabalhou como produtora do programa Caleidoscópio, da TV Horizonte, em que também apresentava quadros culturais e de gastronomia. Trabalhou como social media em agências de SP e BH. Fã de produção de conteúdo, faz planejamento, estratégias e produção de conteúdo por profissão e prazer.

Facebook
YouTube
Instagram
Spotify
Soundcloud